Política de Cookies

Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, registo e recolha de dados estatísticos.
Ao prosseguir a navegação com cookies ativos está a consentir a sua utilização.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pela Garval.Saiba mais

Compreendi
Multiplicamos Soluções
Multiplicamos Valor

Canal de Denúncia

CANAL DE DENÚNCIA

Caso tenha conhecimento de infrações, que estejam a ser cometidas ou cujo cometimento se possa razoavelmente prever, bem como tentativas de ocultação de tais infrações, nos termos do Decreto‑Lei nº 109-E/2021, de 9 de dezembro, o qual cria o Mecanismo Nacional Anticorrupção e estabelece o regime geral de prevenção da corrupção, ou nos termos da Lei n.º 93/2021, de 20 de dezembro, que estabelece o regime de proteção de denunciantes de infrações, poderá efetuar a sua participação através do Canal de Denúncia da Garval.

O Canal de Denúncia, independente e autónomo dos demais canais de comunicação, serve para receber e dar seguimento às denúncias previstas no Decreto‑Lei nº 109-E/2021, de 9 de dezembro, e na Lei n.º 93/2021, de 20 de dezembro, que assegurem a exaustividade, a integridade e conservação da denúncia, a confidencialidade da denúncia ou o anonimato dos denunciantes e a confidencialidade da identidade de terceiros mencionados na denúncia, e de impedir o acesso de pessoas não autorizadas.

As denúncias serão arquivadas, não havendo lugar ao respetivo seguimento, quando:

  1. a infração denunciada for de gravidade diminuta, insignificante ou manifestamente irrelevante;
  2. a denúncia é repetida e não contém novos elementos de facto ou de direito que justifiquem um seguimento diferente do que foi dado relativamente à primeira denúncia;
  3. ou a denúncia é anónima e dela não se retiram indícios de infração.

 

CONTEÚDO DA DENÚNCIA:

As eventuais denúncias deverão conter os dados necessários para se poder levar a cabo a análise dos factos denunciados.

Assim, as comunicações recebidas deverão incluir a seguinte informação:

  • Exposição clara e detalhada dos factos;
  • Identificação clara e detalhada da área ou departamento em que tenham tido lugar os factos denunciados;
  • Identificação das pessoas envolvidas no comportamento denunciado ou com conhecimento do mesmo;
  • Momento em que ocorreu ou ainda ocorre o facto;
  • Quantificação, sempre que seja possível, do impacto do facto denunciado na sociedade, área ou departamento.

Anexar, sempre que possível, documentos, arquivos ou outra informação que se julgue relevante para a avaliação e resolução da denúncia.


Clique aqui para aceder ao formulário de denúncias.